Inglês Chinês

Diferença entre funções e serviços ecossistêmicos

Diferença entre funções e serviços ecossistêmicos

Saiba mais sobre

Você sabe a diferença entre funções ecossistêmicas e serviços ecossistêmicos? Apesar dos termos serem semelhantes, eles falam de coisas diferentes. É importante compreender suas diferenças para entender como funciona o Pagamento por Serviços Ecossistêmicos – regido pela lei 14.119/2021 – que fala sobre as formas de remuneração para os diferentes tipos de serviços.

Para entendermos as diferenças entre esses dois termos, podemos usar um exemplo clássico: a abelha. Abelhas são insetos polinizadores que coletam o pólen das plantas e transformam em mel, rico alimento para os integrantes da colmeia. Além disso, seu serviço promove a polinização cruzada, onde ao ir de flor em flor transita o pólen de diferentes indivíduos e acaba promovendo um cruzamento genético, que permite maior resistência e diversidade ambiental.

O trabalho da abelha em promover a polinização das plantas com o seu trabalho, que resulta na produção de mel e seus derivados que serão usados para consumo dos integrantes da colmeia trata-se da sua função ambiental.

A função ambiental de um organismo diz apenas sobre seus processos com benefícios próprios e para o meio ambiente, sua função dentro de um ecossistema – sua função ecossistêmica.

A partir do momento em que obtemos o mel – produto de sua função – e consumimos como alimento, utilizamos tanto o mel quanto outros derivados de processos da abelha (como própolis e geleia real) como medicamento e usos medicinais ou promovemos a polinização das abelhas como mecanismo para melhoria de cultivos agrícolas, estamos falando de um serviço ecossistêmico.

Basicamente: a função ecossistêmica de um processo ou organismo trata das interações entre os elementos de um ecossistema, que acontece naturalmente para a manutenção da vida.

Já os serviços ecossistêmicos falam dos benefícios gerados para a sociedade que são obtidos de forma direta ou indiretamente de funções ecossistêmicas.

Resumindo – a abelha produzir o mel para a colmeia e promover a polinização natural das plantas trata-se de sua função. No momento em que a sociedade obtém o benefício dessa função, como no consumo do mel produzido, trata-se de um serviço ecossistêmico.

Agora que você já sabe a diferença entre as funções e os serviços ecossistêmicos, fica mais fácil compreender os processos que tratam dos PSA (Pagamento por Serviços Ambientais). 

Gostou? compartilhe!

chamar no WhatsApp
chamar no WhatsApp
Comercial Geotrópico www.geotropico.com.br Online
Fale com a gente pelo WhatsApp
×